sábado , 23 setembro 2017
Home / Carreira / Piloto Comercial
aeroarte

Piloto Comercial

Boeing-737-800_www.FullHDWpp.com_
Pilotar um avião é divertido. Ser pago para isso é ainda melhor. Para algumas pessoas, esse trabalho é perfeito: um oficial que viaja, uma visão que muda constantemente e desafios que são prazerosos. Dizem que o trabalho do piloto consiste em horas de tédio pontuadas por total terror. Provavelmente isso seja um exagero, mas talvez não tão diferente da realidade.Uma pessoa, que faz uma máquina que custa milhões de dólares sair do chão e depois a traz de volta com segurança, fascina as pessoas. Elas ficam se perguntando como deve ser ter a responsabilidade de centenas de vidas ou de pertences que valem milhões em suas mãos. Quando os passageiros dão uma olhada na cabine do piloto, elas ficam impressionadas. Elas vêem a quantidade de botões e perguntam, incrédulas: “Vocês realmente sabem para que todos eles servem?”.

Os pilotos são o foco principal e os operadores finais de uma grande equipe de profissionais treinados. Eles são as estrelas do show do transporte aéreo, porque ficam mais visíveis ao público, ao passo que a maioria dos outros membros da equipe fica “nos bastidores”.

O curso de Piloto Comercial é uma continuidade do curso de Piloto Privado e dá início à parte profissional como piloto, permitindo a você voar e ser remunerado. Você está iniciando sua carreira como piloto e seu passo seguinte ao Piloto Comercial será o de Piloto de Linha Aérea, que lhe permitirá voar como piloto na aviação de linha aérea regular. É a maior licença que você obterá nesta profissão.

O curso de piloto comercial é dividido em duas partes: teórica e prática.

Na Parte Teórica compreende as seguintes disciplinas:

– Meteorologia Aeronáutica.
– Motores a Reação.
– Navegação Aérea IFR.
– Regulamentos de Tráfego Aéreo IFR.
– Teoria de Vôo e Aerodinâmica de Alta Velocidade.
É obrigatória a realização do curso de piloto comercial em uma Escola Homologada, o aluno devera ter um aproveitamento satisfatório para que a escola encaminhe uma carta de aprovação e autorize o aluno a realizar o exame da ANAC e obter o Certificado de Conhecimentos Técnicos (CCT). A prova contém 20 questões de cada matéria, na qual o aproveitamento mínimo deve ser de 70% de cada matéria, ou seja, 14 questões.Mediante a aprovação em exames prestados para a ANAC e de posse do Certificado de Conhecimentos Teóricos – CCT deve começar a parte prática, o aluno deve voar 110 horas em aeroclube homologado pela ANAC, somando às 40 horas do Piloto Privado um total de 150 horas. O aluno devera ter o Certificado de Capacitação Física (CCF) de 1a Classe, que deve ser obtido em uma Junta Especial de Saúde (JES) do ministério da aeronáutica.

Feita as horas necessárias e o treinamento o piloto-aluno é submetido ao “voo de check”, onde é verificada sua habilidade aprendida durante o curso por profissionais credenciados pela ANAC. Aprovado no seu “vôo de check” o até então piloto-aluno receberá sua licença de Piloto Comercial de Avião, habilitando-o a voar aeronaves monomotoras ou multimotoras, IFR (Regras de voo por Instrumentos) ou VFR (Regras de voo Visual).

Requisitos:

Idade mínima de 18 anos, nível de escolaridade 2° grau completo, realizado em estabelecimento público ou privado devidamente autorizado e experiência como piloto e ser portador da Licença de Piloto Privado – Avião.

FONTE: Piloto Civil 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Ops! Conteúdo Protegido!!!