fbpx
Conexão Piloto
  • Home
  • Acidentes
  • Queda de avião deixa um morto e 6 feridos no Campo de Marte em SP
Acidentes Brasil Destaque

Queda de avião deixa um morto e 6 feridos no Campo de Marte em SP

Uma pessoa morreu e seis ficaram feridas após a queda de uma aeronave de pequeno porte no Campo de Marte, na Zona Norte de São Paulo, no início da noite deste domingo (29). Houve uma explosão assim que o avião bateu no chão. Segundo os bombeiros, a vítima fatal é o piloto, Antonio Traversi.

O avião de prefixo PP-SZN é um bimotor King Air C90, com capacidade para sete passageiros, que pertence à Videplast, empresa que fabrica embalagens plásticas com sede em Santa Catarina. Segundo a Anac, a aeronave foi fabricada em 2008 e estava em estado regular.

De acordo com a Infraero, a avião decolou por volta das 15h30 da cidade catarinense de Videira, com 5 passageiros e dois tripulantes. O acidente ocorreu durante o pouso na capital paulista, cerca de 3 horas após a partida.

Estavam no voo: Geraldo Denardi e Nereu Denardi, irmãos e fundadores da empresa, além do filho de Nereu, Enzo, de 17 anos. Também ocupavam a aeronave dois funcionários da Videplast, Aguinaldo Nunes e Agnaldo Crippa, além do outro tripulante, Benê Souza.

As circunstâncias do acidente serão investigadas pelo Cenipa, órgão da Força Aérea Brasileira (FAB). Testemunhas no Campo de Marte disseram que o avião havia tentado pousar, mas o piloto não tinha certeza de que o trem de pouso estava baixado. Então, sobrevoou a pista para que a torre de controle confirmasse, visualmente, que o trem de pouso estava ativado. Depois, fez uma tentativa de pouso e arremeteu. O acidente teria ocorrido na terceira tentativa, por essa versão.

O incêndio provocado pela queda do avião foi controlado pela brigada do próprio Campo de Marte. Quatro vítimas sofreram traumatismo craniano, outra sofreu traumatismo abdominal. Uma das vítimas foi socorrida e levada para o Hospital das Clínicas pelo helicóptero Águia, da PM e as demais foram encaminhadas para hospitais da Zona Norte de São Paulo.

Quem são as vítimas:

  • Nereu Denardi – sócio da Videplast. Foi socorrido e levado ao Hospital do Mandaqui. Estado de saúde não informado.
  • Geraldo Denardi – sócio da Videplast e irmão de Nereu. Internado no Hospital Santa Isabel, passou por tomografia e segundo a família, está consciente.
  • Enzo – tem 17 anos e é filho de Nereu. Internado no Hospital Santa Isabel, passou por tomografia e segundo a família, está consciente.
  • Aguinaldo Nunes – coordenador da Videplast. Foi socorrido e levado para o Hospital São Camilo. Estado de saúde é estável e sem previsão de alta.
  • Agnaldo Crippa – gerente da Videplast. Foi socorrido no Hospital San Paolo. Estado de saúde não informado.
  • Antonio Traversi – era o piloto da aeronave e da Videplast há pelos menos 18 anos e tinha mais de cinco mil horas de voo. Segundo os bombeiros, ele morreu no acidente.
  • Benê Souza – foi socorrido e levado para o Hospital das Clínicas e o estado de saúde dele é estável.

Em nota, a FAB disse que investigadores do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa IV), órgão do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), realizam uma ação no local do acidente no Campo de Marte. Segundo a Força Aérea, “esse é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.”

Ainda segundo a nota, a investigação realizada pelo Cenipa tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.

Acidentes no campo de Marte

Em 2016, um monomotor caiu logo depois da decolagem, próximo à cabeceira do 12 do aeroporto. O avião atingiu uma casa de 3 andares, deixando sete mortos, entre eles Roger Agnelli, ex-presidente da Vale, e familiares que voavam junto com ele.

Em 2007, uma aeronave modelo Learjet também caiu depois de sair do Campo de Marte, sobre uma residência no bairro Casa Verde. Além do piloto e do copiloto, a família que estava na cozinha da casa também morreu, incluindo um bebê de 9 meses.

Aviões particulares são responsáveis por 45% dos acidentes aéreos entre 2008 e 2017, segundo dados do Cenipa (órgão da Aeronáutica responsável por investigar acidentes aéreos). Foram 1.187 acidentes no período.

Fonte: G1

Related posts

Avião de pequeno porte cai e deixa quatro feridos no entorno do Distrito Federal

Conexao Piloto

Querosene de aviação alcança valor recorde de R$ 3,30 o litro

Conexao Piloto

Todos sobreviveram a acidente de avião no México: veja fatores que ajudaram

Conexao Piloto

Deixe um comentário

error: Conteúdo Protegido!!!